Sem nunca citar concretamente o nome do árbitro, o adjunto portista Rui Barros alinhou no mesmo discurso de Héctor Herrera, considerando que Carlos Xistra fez a balança pender para o lado do Sp. Braga, num encontro que acabou comvitória minhota por 3-1.

"Fizemos uma primeira parte excelente, com grandes oportunidaes, bolas ao poste, defesas do guarda-redes, com grande atitude... Mas a partir do momento em que alguém destabilizou o jogo... É só ver o jogo. É incrível e, pelo que fizemos, não merecíamos o que vieram cá fazer conosco", atirou, de forma muito sintetizada, à SportTV.
Fonte: Jornal Record